Dicas

10/7/2004
CD - MILES DAVIS - LIVE AT FILMORE EAST (March 7, 1970)
 

Bem, a dica deste mês é uma porrada!

É um cd duplo que contém dois sets de show com o Miles Davis Sextet em 1970: Miles Davis (trompete), Wayne Shorter (sax tenor e soprano), Chick Corea (Fender Rhodes), Dave Holland (baixo), Jack DeJohnette (bateria) e Airto Moreira (percussão).

Nesse show, eles tocam músicas como: Directions; Spanish Key; Masqualero; It's about that time, etc. Da época dos discos: Bitches Brew; In a Silent Way; etc.

Todos estão tocando furiosamente! Tem solos maravilhosos do Wayne Shorter (como sempre!); Chick Corea enlouquecido (na minha modesta opinião: a melhor fase do Corea!); e tudo isso sem falar no próprio Miles Davis.

A formação é interessante: instrumentos acústicos (amplificados, é claro!) com o piano elétrico Fender Rhodes, muitas vezes com Overdrive! Isso combinado com a Idéia do som, que era: TOCAR! E bem livre e bem 'pra fora'! Enfim, todo mundo tocando muito solto... Fato que as próprias formas ou estruturas das músicas (com poucos acordes) também proporcionavam.

Cabe aqui uma observação: Pra quem ouve só rock (principalmente os guitarristas) é um disco interessante pra se começar a ouvir outras coisas sem muita estranheza. Principalmente porque esta fase do trabalho do Miles Davis tem muitos elementos do rock e do funk. Além de ter uma puta energia e virtuosismo rolando direto! (Ouça o conteúdo dos solos com atenção, é um "virtuosismo musical"; quero dizer "a serviço da Música": muito, mas, muuuito além do "sobe-e-desce-de-escalas-e-arpejos-de-workshop-na-feira-da-música-pra-impressionar-a-molecada-e-representantes-de-marcas-além-de-todo-o-fabuloso-mundo-da-guitarra..." Sacou? Vamos abrir as perspectivas!) Note que, mesmo com o fato das músicas terem poucos acordes originalmente, complexidades e surpresas das mais variadas acontecem ao longo do CD: as harmonias, vão longe; assim como os ritmos (Jack DeJohnette destruindo!); em outros momentos, climas inusitados (onde, por exemplo, ficam somente o piano e o sax quebrando tudo; ou só o piano)...Não tem esse negócio de "groove" não! Todo mundo toca mesmo!!!

É óbvio: São músicos/compositores/arranjadores/improvisadores tocando JUNTOS e, REALMENTE se ouvindo! Só tinha que acontecer isso mesmo!

Em se tratando de Miles Davis, digo o seguinte: Compre todos os discos!

Desejo um ótimo mês pra vocês com muita Música, Saúde e Paz!
Muito Obrigado.

Michel Leme

<< Voltar