Dicas

17/7/2006
NENÊ - MINUANO
 
O baterista, multi-instrumentista e compositor Nenê gravou esse disco em 1985, na Europa.

Esse é um dos meus preferidos dele, as músicas são verdadeiras aulas de composição e arranjo, a começar por "Isabel de Macau", faixa que abre o disco. Seguem-se, então, melodias muito fortes e memoráveis, como "Forró do Campeão", "Moema" e "Canción para Dino Saluzzi".

Na bela faixa "Escarante", o guitarrista Jean-Philippe Craverie faz overdubs pra tocar as várias camadas da elegante composição. Em "Celina" Nenê toca piano solo e em "Passarinho que não voa", temos um belíssimo e composicional solo de bateria do Nenê, quebrando tudo e fazendo a bateria soar melódica, como fazem os grandes mestres do instrumento. Fechando o disco, tem a complexa e belíssima "Minuano".

A edição que tenho em mãos traz também o disco "Bugre", gravado em 1982. Muito bom também! E as faixas de que mais gostei foram "Tapete Mágico" , "Pantanal", "Salvador"  e "Solo" (que é mais uma belíssima peça solo do Nenê na bateria e percussão).

Nenê é um exemplo de musicalidade e energia tocando. Tive a sorte - e quero ter muito mais vezes - de tocar com ele. É maravilhoso, não tenho palavras pra descrever.

Procurem os outros cds dele: "Porto dos Casais", "Suíte Curral D'el Rei", "Caminho Novo" e, o mais recente, "Ogã".

Abraços a todos, um belo mês de férias pra vocês!
Michel

<< Voltar